top of page
  • Foto do escritorGabriel Ivo

Depressão é uma doença pra vida toda?

Será que depressão sempre é uma doença a ser combatida? A depressão não tem possibilidade de ter uma função que contribua para a saúde mental?

Depressão é aquele momento que eu perco interesse no mundo. Eu não quero nada dele, não desejo, não me importo. Não quero ir, vou mais pelo outro do que por mim.


Ou sei que já perdi alguma coisa, então não posso perder mais nada, se eu deixar de sair vou deixar de viver. Não adianta, não consigo ficar em casa. Preciso sair, preciso sentir, preciso gozar! Mas nem sempre funciona.


"Um término de relacionamento"

"A morte de uma pessoa querida"

"A demissão de um trabalho que eu gostava"

"Descobri que fui passado pra trás, traído por quem eu não esperava"

"Consegui o que eu queria e descobri que não era o que eu queria"

"Não tenho a vida que queria e não tenho ideia do que eu quero, e nem como mudar"


Será que não existem alguns momentos que, de fato, eu preciso me afastar um pouco do mundo para conseguir elaborar minhas perdas, aprender a lidar com um mundo que mudou e não é mais o que era? Aliás, lidar com coisas doloridas! Não é fácil, nem divertido.


Você tem espaço para elaborar tuas perdas e frustrações, no teu tempo? Você lida com essas questões ou tenta evitar lidar com elas?


Se as tenta evitar, será que isso ajuda os sintomas a se prolongarem e se assemelharem a uma doença sem cura?


Às vezes, um sintoma depressivo é um lado saudável do teu corpo dizendo que "algo não está bem" ou que "algo não está certo".


Por falta de espaço no mundo, às vezes nem notamos que estamos mal, e um sintoma aparece como aviso. Diante do aviso, você tenta escutá-lo ou tenta calá-lo?


Você tem alguma dor que apenas o tempo não consegue curar?

תגובות


bottom of page