top of page
  • Foto do escritorGabriel Ivo

Em qual momento buscar um psiquiatra ou tomar medicações?

Em geral, em atendimentos médicos, é comum que o conhecimento sobre o que é melhor para o nosso corpo esteja nas mãos dos médicos. Numa infecção, por exemplo, é ele quem diz qual antibiótico tomar e por quanto tempo.

Por isso não é incomum essa expectativa de que sempre será o médico ou o psicólogo quem dirá quando uma medicação é necessária ou não.


Mas em saúde mental não é bem assim. Crises de ansiedade, por exemplo, costumam ter sintomas diferentes em pessoas diferentes. Algumas pessoas podem ter problemas com o sono, ou com a alimentação, ou a disposição. Mas quem sente o sintoma sempre será aquele que poderá melhor dizer quando faz sentido ou não usar uma medicação para lidar com um sofrimento.


O que você pode dizer sobre a tua saúde mental quando está diante de um profissional?

O que você sabe sobre o teu sofrimento?

Qual a tua participação no teu diagnóstico?



Você faz parte dele ou é o profissional que sabe mais sobre você do que você mesmo?

Já te indicaram medicação que você não concordou? Ou não quiseram te indicar, mas você sente que há necessidade?

Comments


bottom of page